HOMEOPATIA E CARACTERÍSTICAS HOMEOPÁTICAS

HOMEOPATIA E CARACTERÍSTICAS HOMEOPÁTICAS
Rosmeire Paixão é Homeopata Clássica Terapeuta CONAHOM 1274 email: rosmeire.homeopatias@gmail.com

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Doses mínimas e dinamizadas em Homeopatia

 UM DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA HOMEOPATIA












Samuel Hahnemann, no início de suas experiências, usava medicamentos diluídos, porém ainda contendo matéria. Com o tempo foi percebendo que essas diluições ainda eram suficientemente fortes para causarem, às vezes, sérias agravações. Devido a essas reações indesejáveis, passou a diluir cada vez mais os medicamentos, percebendo que obtinha melhores resultados quando eram também agitados. Foi assim que chegou às doses infinitesimais (extremamente diluídas) e dinamizadas. Observou que à medida que a massa ia sendo diluída, mais energia as substâncias pareciam desprender. Não era a quantidade de substância que importava, ao contrário, quanto menor a quantidade presente e quanto mais agitada era a diluição, maior o potencial de energia que atua sobre a Energia Vital. A dose diminuta prescrita pelo homeopata, não é mera diluição ou atenuação da droga forte. Ela é o que se chama potência, isto é, algo que possui poder. As doses mínimas e dinamizadas, que sempre foram e continuam sendo inseparáveis da prática homeopática, tem sido com certeza o maior obstáculo à aceitação e adoção desse método terapêutico com maior amplitude pelos médicos em geral.

Por lidarmos com sintomas subjetivos e com um tipo de energia extremamente sutil, as pesquisas em Homeopatia devem ser realizadas dentro de um novo paradigma, com outros instrumentos de análise dos resultados. 
Conheça mais em nosso site https://abrahcon.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário